Friday, March 19, 2010

entre a mente e o coração

foto de Elipse

Gotejantes, as sílabas combinam-se
simétricas, vivas, renovadas
e sentam-se alinhadas, à beira do poema
pingos de tinta em tina de água limpa.
Jurei que lavaria as mãos e me sentaria
no degrau da espera sem ouvir o tempo
mas desejei sucumbir à emoção.



7 comments:

CNS said...

Belíssima a imagem das palavras serem pingos de tinta. :)

bj

Fatyly said...

Pingos verdadeiros que joram de uma alma sentida e verdadeira.

costa simoes said...

Emoções ? Disseste a palavra mágica. Passa tudo por Aí. Vamoooos emboooora !

ivamarle said...

a emoção está sempre contida nas tuas belas palavras, ainda bem que voltaste a escrever aqui.Beijo grande, não; beijo ENORME!!!!!

Mónica said...

percebo e fico de boca aberta com as tuas palavras.. n deve ser poesia :DDDDD

addiragram said...

Belíssimo.Só.

© Piedade Araújo Sol said...

pingos de criatividade.

foto excelente!

beij